Foto: Mariana Boro

Um lugar especial em casa! Quem não tem um preferido? Nesta produção exploramos o tema Cantos e Flores e convidamos seis escritório de arquitetura e interiores para montar espaços inspiradores na loja. A designer de flores Juliana Hames entrou na jogada com seus arranjos incríveis, mostrando como é possível valorizar ainda mais esses recortes.

Estúdio C+C

Foto: Mariana Boro

Os arquitetos Caroline Oenning e Luiz Gustavo do escritório Estúdio C+C pensaram em quebrar a formalidade da sala de estar com um arranjo mais selvagem. “Desconstruímos a ideia dos arranjos mais certinhos e apostamos numa composição com diferentes vegetações, como galhos secos e bromélias”, contam.

Foto: Mariana Boro

Ao invés dos arranjos tradicionais para a sala de estar, a intenção do escritório foi experimentar uma temática mais selvagem. Dessa forma a designer de flores Juliana Hames utilizou folhagens no lugar das flores. “Adicionei texturas em verdes, galhos e elementos pendentes proporcionando um frescor e trazendo a sensação “urban jungle” ao espaço”, explica.

Ramos & Peixoto

Foto: Mariana Boro

Um hall de entrada envolto numa atmosfera natural: Fernanda Ramos e Roberto Peixoto do escritório Ramos & Peixoto projetaram esta composição utilizando livros e objetos. O arranjo de flores ficou em destaque no centro da mesa com a paleta em tons amadeirados e nuances do amarelo em delicada sintonia.

Foto: Mariana Boro

Um arranjo centralizado para uma mesa redonda num estilo mais solto como se tivessem sido colhidas e arrumadas de uma forma bem natural, no frescor do momento. Este foi o ponto de partida criativo para a Designer Juliana Hames “Escolhi algumas flores com características mais exóticas, como a Zenziber, Urucum e Pleomeles em tom de amarelo dando um ar tropical em combinação com a suavidade das rosas em tom chá e as hortênsias esverdeadas. A soma deixou a proposta mais sofisticada”, conta a designer.

Calli Arquitetura

Foto: Mariana Boro

Dá para ousar nos arranjos, sem medo de ser feliz, ainda mais quando o ambiente tem base neutra. É o que demonstra a dupla da Calli Arquitetura que escolheu o sofá Jovi em tecido mostarda, peça que direcionou a seleção de todo o mobiliário em cena. Outro pedido especial: a Protea Cynaroides. Bela e imponente, tinha que ser a grande protagonista do canto.

Foto: Mariana Boro

A Protea Cynaroides, flor preferida da arquiteta Silvana Margarin foi escolhida para ser o grande destaque neste canto da sala. “Trabalhei com outras espécies complementando a composição como rosas inglesas, dálias, sementes, eucaliptos e elementos pendentes. Um arranjo leve e ao mesmo tempo exuberante”, explica a designer de flores Juliana Hames.

Foto: Mariana Boro

Aconchegante e confortável, este canto criado pelas arquitetas do Brand & Boing é formado por um sofá de tom neutro, estrutura amadeirada e linhas retas. “Optamos por uma composição mais contemporânea, que tem a ver com nosso estilo. Trouxemos o verde junto com tons terrosos para o arranjo, que garantiu acolhimento e sofisticação ao espaço”.

Foto: Mariana Boro

Um arranjo simples com o verde em evidência. Esse foi o briefing passado à designer de flores no canto assinado pela dupla da Brand & Boing. Foi sugerido tons monocromáticos com apenas um toque de cor para a paleta deste ambiente: “Utilizei flores marrons como a orquídea oncidium chocolate, folhas de magnólia e de dracena rubra, hortênsias em verde mentolado, trigos e calatheas verdes, agrupando os elementos para valorizar cada um”.

Sayuri Machado

Foto: Mariana Boro

Quando as arquitetas Amanda Sayuri e Clara Machado avistaram a estante Degrau na Studio Ambientes foi amor à primeira vista! Decididas a explorar a peça como elemento principal do cenário, a proposta foi montar uma instalação. “Pensamos em explorar a estante preta contrastando-a com flores pink, penduradas de cabeça para baixo, preenchendo lindamente alguns dos nichos.

Foto: Mariana Boro

Que surpresa a nossa quando a designer de flores Juliana Hames abraçou nossa ideia com muito carinho e conseguiu nos surpreender”, comentam. No cenário, a desconstrução é palavra de ordem. Livros no chão, a estante florida é a obra principal. “Simples, diferente e, aos nossos olhos, encantador!”, arremata a dupla.

Foto: Mariana Boro

A designer recebeu o desafio de criar um arranjo diferente, no estilo instalação de arte, no espaço assinado pelas arquitetas Amanda Sayuri e Clara Machado. “As flores cor de rosa e pink precisavam valorizar a estante escolhida como objeto principal e também emoldurar e preencher os nichos.

Foto: Mariana Boro

Dálias, mini cravos, rosas e flores mais delicadas suavizam e aquecem o ambiente, deixando-o mais romântico combinando com os livros e contrastando com o mobiliário escuro”.

Anna Trevisan

No canto “Verde que te quero rosa”, em homenagem ao cantor e compositor Cartola, a arquiteta e paisagista Ana Trevisan decidiu sair do lugar comum: Criou uma experiência na forma de uma instalação, onde a ambiência provocasse um encontro de muita personalidade, tendo como base a combinação das cores rosa e verde.

Foto: Mariana Boro

“Apostamos numa atmosfera feminina, divertida, refrescante, aconchegante e repleta de memórias”, conta Ana. O décor exibe uma combinação harmoniosa de materiais como a madeira clara, o cobre e a laca. Diversos tipos de vasos e cachepôs abrigam as coleções de plantas e evidenciam o mood sugerido pela arquiteta. As espécies escolhidas seguem a paleta de cores predominante do ambiente: filodendros, marantas , bromélias, cactos, begônias, folhas de heliconia, e a exótica “flor de cera pendente”.

Design de flores Juliana Hames e produção por A Casaa

E aí? Qual a sua composição preferida ? Vocês também usam e abusam de arranjos na decoração?


A campanha “Também há vida lá fora” é para anunciar a chegada da grife de área externa Dona Flor Mobília. A partir de agora a marca incrementa o casting da Studio Ambientes com produtos para outdoor, mas que também podem ser usados dentro de casa. A versatilidade in e out do mobiliário com pegada artesanal é super aproveitada pelos arquitetos Marina Blasi e Bernardo Bahia, neste espaço aconchegante e integrado que dá vontade de transportar direto para a morada.



Foto: Mariana Boro

 

Acostumados a curtir alguns momentos da rotina de trabalho a céu aberto, naquelas escapadinhas necessárias para refrescar a mente e oxigenar as ideias, os arquitetos são adeptos dos espaços totalmente integrados. E o mais bacana, na opinião da dupla que assina este ambiente, é poder contar com móveis que não parecem ser feitos para dentro ou fora de casa. “A diversidade de produtos, com uma identidade sem estereótipos, dá mais liberdade para composição sem marcar o começo ou o fim de um espaço”, destacam. eles.


Delícia de canto para curtir um livro, folhear uma revista ou jogar conversa “fora”. Os arquitetos criam uma vibe totalmente acolhedora com os produtos da Dona Flor Mobília. As Birdhouse Gotinha, assinadas pela dupla da Lattoog Design dão graça à composição marcada pelo uso da madeira e tecidos de gostoso toque como o linho. O banco é versátil e também serve como mesa de apoio.


Foto: Mariana Boro

O sofá com estrutura mais leve e enxuta não perde em conforto. Para encorpar a sensação de aconchego, os arquitetos apostaram nas almofadas com tramas e o mancebo Chuva (Lattog Design) que dá suporte aos vasinhos de plantas e, ao mesmo tempo traz aquele frescor do verde bem-vindo para todo e qualquer canto do lar.


Foto: Mariana Boro

Mobiliário versátil é aquele que não precisa ter uma função predefinida e pode desdobrar inúmeras ações de uso. Assim como nesta área assumida como transição com décor em área externa. Por aqui o pufe é assento, apoio para os pés e também mesa lateral. A chaise confortável é para descansar, sentar perto à mesa e o que mais o corpo mandar.


Foto: Mariana Boro

In ou out? As duas opções. A mesa de jantar com tampo em madeira e estrutura em ferro vai bem dentro e fora de casa. A dupla de profissionais tornou a composição mais leve com as cadeiras de shape mais sequinho e encosto em tramas de corda. O resultado é puro conforto. O espaço “Também há vida lá fora” contou com móveis da Dona Flor Mobília, marca que acaba de entrar para o #castingstudio.


Foto: Mariana Boro

E aí, conta pra gente o que achou do nosso showroom recheado de área externa? Também usaria as peças em sua varanda ou projeto out dor?